Guia definitivo para falar em público

Comment

Guia definitivo para falar em público

o mundo corporativo, falar em público faz parte da rotina de todos os profissionais, especialmente daqueles que ocupam, ou almejam ocupar, posições de liderança. Em um novo ambiente digital, no qual tudo é compartilhado através das redes, a capacidade de se transmitir ideias e criar relações interpessoais tornam-se predicados essenciais para quem deseja se destacar. Aqueles que se comunicam melhor com grandes grupos, se tornam figuras mais adequadas para projetos e atividades.

Pensando nisso, o Jardim Leopoldina elencou algumas das guideliness para quem deseja falar em público com propriedade Confira agora:

1. Cuidado com as anotações

Anotações e slides são sempre bem-vindos – desde que sejam utilizados como materiais de apoio. Se você foi convidado para falar em público, existem pessoas que acreditam que você tem algo importante a dizer. Seja você mesmo, sem medo, estude o conteúdo que você deseja expor e use os marcadores apenas como organizadores da sua apresentação, não como objetos de leitura. A linguagem escolhida para aquele espaço é a oral, tire dela o melhor proveito.

2. Conheça seu público

Anotações e slides são sempre bem-vindos – desde que sejam utilizados como materiais de apoio. Se você foi convidado para falar em público, é porque você tem algo importante a dizer. Seja você mesmo, sem medo, estude o conteúdo que você deseja expor e use os marcadores apenas como organizadores da sua apresentação, não como objetos de leitura. A linguagem escolhida para aquele espaço é a oral, tire dela o melhor proveito e exponha suas ideias com uma dicção clara e boa articulação das palavras, além de pausas estratégicas durante a fala.

3. Transmita ideias, não informações

A demonstração de dados é um recurso importante para validação de qualquer ideia, mas não é o único. Mais importante do que dominar os indicadores, é preciso criar uma linha de raciocínio lógico para que o público compreenda a totalidade de um discurso. Crie um cenário contextualizado e utilize outros recursos, que gerem mais empatia, para dar o seu recado.

4. Linguagem corporal

Parece óbvio, mas a linguagem corporal ainda é uma questão a ser dominada por muitos palestrantes. Quando subir ao palco, torne-se artista e faça daquele espaço o seu território completamente dominado. Qual a sua postura diante do público? Para onde você olha e como gesticula enquanto fala? Se imponha com elegância, pratique em frente ao espelho, ou filme os seus ensaios para identificar em quais pontos você pode melhorar. Seu corpo diz muito sobre você, acredite.

5. Vícios de linguagem

Vícios de linguagem são erros gramaticais que interrompem ou deturpam a compreensão de uma mensagem. Especialmente em situações de ansiedade eles tendem a escapar. A repetição de palavras, gerundismos e chavões são erros grosseiros em uma apresentação e devem ser evitados. Um vocabulário rico é o seu melhor cartão de visitas.

Prontos para colocar em prática todas as técnicas para se falar em público? O Jardim Leopoldina ajuda nessa jornada. Solicite aqui um orçamento e comece hoje a planejar o seu evento de sucesso. Temos certeza que você também tem algo de muito legal para dizer para o mundo!

Comment

Inspirações para convites de casamento

Comment

Inspirações para convites de casamento

Já está no sentindo o clima de romance no ar? O primeiro passo para encantar convidados com certeza está no desenvolvimento do convite. É preciso garantir que este simples documento contemple toda a atmosfera que você deseja criar para o seu grande dia de forma única. O convite de casamento funciona como uma espécie de cartão de apresentação, um termômetro que permitirá aos seus convidados desvendarem o que os esperará neste grande dia. Quer saber quais as principais tendências para os casamentos de 2018 e 2019? Confira:

Aquarelados

Os convites em aquarela vieram para ficar! Delicadas, as ilustrações, sejam elas de plantas, flores ou formatos abstratos, revelam o perfil dos casais mais românticos e criativos. É possível dar ainda mais charme ao seu convite, combinando a aquarela à materiais que lembrem seu aspecto orgânico e fresco. O linho, cordões e papéis mais grossos são ótimas pedidas. As letras sem serifa e com maior espaçamento e o selo de fechamento em tons metálicos dão o ar de modernidade que o convite merece.

Geométricos

Para os casais cosmopolitas e que querem fugir do romantismo mais clichê, uma ótima opção é abusar dos formatos geométricos e das cores frias na hora de convidar. Super moderno e urbano, o recurso ainda combina bem com a mescla de materiais industriais como cimento e o metal e materiais orgânicos como madeira e folhas verdes. Que tal o resultado?

Branquinho clássico

O convite branquinho clássico é e sempre será o mais pedido do mundo das noivas. Minimalista, neste caso, a inovação deve estar nas suas diferentes aplicações. Para diferenciá-lo dos demais aposte nos diferentes formatos. Invista na confecção da caligrafia, no design ou até mesmo na forma de impressão. Mas lembre-se: aqui o segredo é que o menos é sempre mais.

Transparências

Outro recurso, que tem sido muito procurado por noivas, é o de convites que ofereçam a transparência como diferencial. O papel vegetal ou o acetato transparente garantem delicadeza e  sofisticação ao convite. A transparência deve sempre trabalhar em harmonia com outros recursos visuais. Sugerimos sempre o uso de cores sólidas em tons pastéis ou até ilustrações, responsáveis por dar vida ao papel e permitir o contraste para leitura clara de todas as informações.

High-Tech

Recursos tecnológicos poderosos invadiram o mundo dos casamentos através dos convites. Com a ajuda de aplicativos, é possível integrar a produção audiovisual à linguagem escrita de um convite comum. No caso da realidade aumentada, o nome do casal funciona como uma espécie de QR Code, que ativa no aplicativo o material sincronizado. Assim, é possível assistir no seu celular um vídeo do casal. Já através da mini-tela de plasma, a mágica da reprodução acontece com a ajuda de um mecanismo reduzido, instalado no próprio papel. É ou não é revolucionário?

Prontos para convidar as pessoas mais queridas para o grande dia? Além de uma linda apresentação do convite, o espaço do seu evento também fará toda diferença aos olhos de seus convidados. Conheça o Espaço Jardim Leopoldina, você vai se encantar! Solicite agora um orçamento.

 Foto: Atelier Allure

Foto: Atelier Allure

 Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

 Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

 Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

 Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

Comment

Boho Chic é tendência

Comment

Boho Chic é tendência

o7aFq7T-e1630WZf1sKSsueL2oFeiQ6xnmQ7wKkc6Ts.jpg

Casais descolados têm celebrado a união em estilo que une hippie, boêmio e vintage, e que invadiu a moda e os casamentos numa releitura mais chic.

 
Muitas pessoas já ouviram falar no Boho Chic, mas poucas sabem exatamente quais são as características que o definem e o que o termo significa. Em geral, o tema é envolvido por uma estética repleta de detalhes e inspirações, adaptando e reutilizando coisas antigas para dar um ar mais rústico ao ambiente, porém com um toque sofisticado. O termo é bastante conhecido no mundo da moda, mas, vem conquistando seu espaço na decoração dos casamentos desde o ano passado. As cerimônias neste estilo tem a intenção de criar um cenário bem livre, misturando cores e materiais vintage.
 
Uma das principais características do casamento neste estilo é a escolha do espaço e do horário. Normalmente, o tema tem uma forte ligação com a natureza e é indicado para cerimônias no campo e de preferência no fim da tarde. Porém, seja em ambientes fechados ou abertos, há a possibilidade de conseguir o resultado desejado. Não tem regra, atualmente decoradores transformam qualquer espaço. Seja aberto ou fechado, é possível fazer uma decoração Boho Chic.
Além do espaço, a decoração do casamento é fundamental para que remeta ao estilo escolhido pelos noivos. “Na decoração Boho Chic reutilizamos peças antigas, lembranças de família, profusão de cores e padrões. O resultado é uma decoração charmosa, aconchegante e despojada. Incorporando um pouco de vários estilos como Hippie, boêmio, vintage e folk. É a arte de combinar o inusitado, o ousado e descontraído.
 
 

A assessora de eventos Camila Relva conta que é necessário ter um olhar cuidadoso para não sair da proposta do casamento. “O ideal é que a pessoa evite tudo o que saia desse tema, um estilo muito princesa no vestido, decoração com muita prata, candelabro, enfim, tudo o que fuja do rústico “organizado/bagunçado” que é o Boho Chic.”
 
Segundo ela, algumas peças também são indispensáveis para compor um look completamente boho, ”Para a noiva, é indicado vestido fluído, sem cauda ou uma bem curta e sem véu. Pode-se até mesmo pensar em um vestido de crochê, por exemplo. Para o noivo, o ideal é que seja um terno mais claro, ou calça clara, camisa e colete, ou camisa e calção com suspensório e gravata borboleta.”, afirma. Já, para as madrinhas, os vestidos fluidos, com estampa, ou lisos, mas todos em tecidos leves e sem brilho são as melhores opções. Para deixar as daminhas impecáveis a sugestão é apostar em vestidos de crochê ou de algodão com bordadinhos floridos. E, para os pajens, calça de sarja, camisa e suspensório ou até mesmo bermuda e suspensório.
 
“Para os convites, a dica é apostar em acabamentos rústicos, ou até mesmo em envelopes forrados de tecidos, em renda mais delicada ou uso de cordões de couro são ótimas opções”, explica Camila.
 
As lembrancinhas do casamento também podem seguir a mesma leveza da decoração e do ambiente, materiais mais rústicos e personalizados têm tudo a ver com o tema e são ótimas opções. “Não existe uma lembrança específica, afinal, trata-se apenas do estilo que será usado no casamento e não uma festa temática. Mas rasteiras, mudas de flor em vasinhos rústicos, por exemplo, são ótimas opções”, ressalta a assessora.
 
A dona da Etiquette – Boutique Du Mariage, Tatiana Gil Benvenuto conta que a maquiagem e acessórios da noiva também têm que seguir a mesma leveza da festa e do seu vestido.
 
“Para as noivas a sugestão de acessórios são flores, naturais ou não, pérolas e até mistura de fios de cristais, num penteado mais despojado e, em grande parte das vezes, solto. Os véus podem estar presentes, mas geralmente é um tule liso, mais lânguido, combinado com os vestidos que são mais fluidos, ou então são presos em toda a cabeça já dando a ideia de um arranjo.”
 
Segundo Tatiana, o noivo, as madrinhas, os padrinhos e as daminhas também merecem uma atenção especial na hora de escolher os acessórios para a ocasião. “Para noivos e pajens, as gravatas borboletas e suspensórios são os mais indicados, além disso, pode-se apostar em cores diferentes para deixar o look ainda mais despojado. Uma florzinha na lapela do noivo é uma ótima opção. Para o cabelo das daminhas, prefira as florzinhas menores como as gipsofilas.”, conclui.
 
É importante ressaltar que como todo estilo de casamento diferente, o boho chic deve ser realizado com muito cuidado e atenção para alcançar o resultado desejado, um ambiente leve e despojado e, principalmente, que combine com o estilo do casal. Sem esquecer de sempre pesquisar bastante sobre o tema e buscar profissionais capacitados para realizar o evento.
 

Comment

Como escolher o local para o Casamento?

Comment

Como escolher o local para o Casamento?

O pedido de casamento é um momento único e com certeza muito especial. Mas, com o pedido aceito, muitas preocupações começam a invadir a cabeça da noiva quegeralmente não sabe nem por onde começar. Uma das primeiras decisões a se tomar é: onde? Com a agitação e entusiasmo do momento, muitas noivas acabam se preocupando mais com o visual dos espaços do que com os detalhes que, no fim das contas, fazem toda a diferença e podem até estragar seu grande dia. Por isso, separamos algumas dicas importantes que as noivas devem estar atentas antes de escolher o local para o casamento.
 
#1. Estilo da festa de casamento
Antes de começar a “grande busca” é necessário definir o estilo do seu casamento. Se será grande, pequeno, se a cerimônia será no mesmo local ou na igreja, enfim... tudo tem que ser bem pensado. E para isso funcionar, você precisa ter em mãos a lista de convidados, pois com esse número você terá uma direção ao procurar os locais ideais. O seu número de convidados é que vai começar a determinar a localização do evento.
 
#2. Tamanho e Conforto
Após a lista de convidados em mãos, a primeira coisa que deve ser levada em consideração quando se procura um lugar é se o local escolhido comporta de forma confortável todos os seus convidados. Afinal, não há nada mais constrangedor do que escolher um lugar pequeno onde não caiba todos os convidados e nem um lugar enorme que vai parecer vazio com poucas pessoas. Se a sua lista tem 200 pessoas, o ideal é um salão que comporte até 300, assim seus convidados e os profissionais que irão trabalhar na festa poderão circular livremente.
 
#3. Acesso ao local
Apesar de a noiva ser o centro das atenções nesse dia, os convidados são muito importantes também, por isso, certifique-se que o local escolhido é de fácil acesso. Independente da distância, as vias devem ser bem sinalizadas para que os convidados não se percam ou cheguem atrasados e percam a celebração.
 
#4. Serviços adicionais
Alguns locais oferecem uma equipe de trabalho própria (equipe de limpeza, seguranças, bombeiros), bem como os móveis (Lounges, mesas e cadeiras). Ao visitar o lugar, tire todas as dúvidas sobre o que é oferecido em contrato e quais são os serviços adicionais para não ter surpresas no dia.
 
#5.Taxas: Tanto as taxas obrigatórias quanto as que os fornecedores pagam para o espaço, são super importantes, pois é um gasto que na qual não contamos, mas que é um grande impacto no orçamento final. Alguns locais cobram até 10% sobre os serviços prestados de fornecedores terceirizados, ou seja, que não são fornecedores do espaço contratado.
 
#6. Energia
Ainda falando sobre os serviços adicionais, em alguns espaços os geradores de energia não estão previstos em contrato e, por isso, devem ser locados separadamente, pois eles são essenciais. Além de o equipamento ser obrigatório, é de suma importância não esquecer esse detalhe, afinal você não quer que uma queda de energia acabe com a sua festa, não é mesmo?
 
#7. Infraestrutura
Muitas pessoas, ao visitar um espaço, não se lembram de checar também os locais de acesso restrito como a cozinha. É muito importante pedir para olhar esses locais na hora da visita, pois só assim você poderá ver realmente como é a estrutura (espaço, pias, torneiras, iluminação, portas, ventilação) e claro, da higiene do local. O mesmo vale para os banheiros. É imprescindível que eles estejam em boas condições.
 
#8. De olho no relógio
Antes de assinar qualquer contrato, esclareça muito bem a questão dos horários. Lembre-se que o espaço não pode reservar somente o tempo da festa. Desde o horário de chegada dos fornecedores até a retirada dos mesmos devem estar incluídas no contrato.
 
#9. Lugar ideal
A escolha do espaço é a de fato a mais importante e o local ideal é aquele que ao entrar, a noiva sente aquele frio na barriga e já se imagina casando ali. Mesmo que pai, mãe, madrinha, enfim não goste, o mais importante é a noiva se sinta bem e imagine a comemoração nesse local.
 
#10. Política de cancelamento
O ultimo ponto, mas não menos importante é verificar todas as condições de cancelamento do contrato. Ninguém pensa que algo pode acontecer a ponto de um casamento ser cancelado, mas é sempre melhor prevenir do que remediar. Por isso, antes de assinar, confira também todas as cláusulas e tire todas as dúvidas, assim o risco de alguma coisa não planejada acontecer é menor.

Comment